Blog

A história por trás do Guia de Infraestrutura

braziliansintech | 30 de Agosto de 2020 às 00:06

Texto escrito pela Beatriz Oliveira

Desde que nos conhecemos, eu e a Mariana sempre conversamos muito sobre nossas experiências na área de infraestrutura e durante as trocas de experiências notamos que nós duas tivemos algumas dificuldades similares quando decidimos entrar na área.

Para começar, não sabíamos quais conteúdos básicos devíamos estudar para trabalhar com infra, devido a alta volumetria de assuntos, tópicos e metodologias ficamos perdidas e só fomos descobrindo o que priorizar na prática. Nessa busca por conteúdo também notamos que poucos eram desenvolvidos por mulheres, visto que a área de infraestrutura infelizmente ainda não é tão diversificada e para quem é iniciante, isso acaba gerando um certo receio, pois quando não encontramos referências na área, sentimos que estamos sozinhas ou que escolhemos o caminho errado.

Um outro ponto que notamos é que a maioria dos conteúdos técnicos não estava em português, para mim o idioma não foi uma barreira, apesar de não ser fluente em inglês, consigo ler documentações e conteúdos técnicos com certa facilidade, mas eu e a Mari sabemos que isso pode ser um fator que desestimula quem é iniciante na área, visto que muitas pessoas no Brasil não sabem inglês.

Temos total consciência que é importante que uma pessoa da área de TI saiba inglês, mas acreditamos que por estarmos no Brasil, devemos estimular o acesso à informação através do nosso idioma nativo, assim conseguimos fazer com que cada vez mais pessoas entendam sobre tecnologia e posteriormente aprendam o inglês como um idioma que vai ajudar elas a abrir mais ainda os seus horizontes.

Depois de discutir sobre os pontos expostos acima, nós mesmas decidimos tentar ajudar a resolver de alguma forma esses problemas, construindo um guia, totalmente gratuito e acessível para pessoas iniciantes.

Após ter a ideia, começamos a mapear os assuntos que gostaríamos de abordar e logo de cara já sabíamos que seria bem trabalhoso, pois eram muitos temas e nós não tínhamos domínio de todos eles e é importante frisar isso, apesar de estarmos na área, não dominamos tudo que tem nela, mas estamos sempre buscando aprender o que ainda não sabemos e aprimorar cada vez mais o que já conhecemos.

No período de desenvolvimento do projeto tivemos que estudar sobre diversas coisas, até mesmo sobre os assuntos que já achávamos que tínhamos domínio. Nós também pedimos dicas e ajuda para profissionais da área e contamos com o apoio da Aline Oliveira para revisar todo o conteúdo técnico e nós certamente aprendemos muito nesse processo. Além disso, discutimos bastante sobre as melhores formas de abordar o conteúdo, sobre os termos que utilizamos, referências, imagens e vários outros pontos.

Foi um trabalho feito com muita dedicação e o objetivo principal era, fazer com que qualquer pessoa que lesse o material entendesse do que se tratava, tentamos usar uma linguagem simples, explicando tudo de maneira sucinta e deixando referências de livros, cursos e artigos que até nós mesmas já utilizamos para estudar.

Por fim, sou muito grata por poder construir isso com pessoas incríveis, agradeço de coração a Mari que com toda a sua habilidade e conhecimento se dedicou junto comigo desde abril de 2020, quando começamos essa jornada e também a Ana Accetturi e a Aline Oliveira que chegaram nos meses seguintes e nos auxiliaram muito com as revisões técnicas e gramaticais. Construir esse material com ajuda de mulheres incríveis certamente foi um dos melhores desafios da minha carreira.

Esperamos que vocês gostem do resultado final e pedimos que reportem feedbacks e sugestões de dicas de melhoria, pois estamos super abertas a sempre evoluir esse conteúdo.

Para quem ainda não teve a oportunidade de ler, acesse os endereços abaixo:
Medium
Dev.to
Open Library

Voltar